FacebookYoutubeRSSPartilhar

Concatedral de Miranda do Douro

Chart?chst=d map spin&chld=0
Slideshow
  • Start 1 1024 2500
  • 1 1 1024 2500
  • 4 1 1024 2500
  • 3 1 1024 2500
  • 0 1 1024 2500
  • 2 1 1024 2500
  • 5 1 1024 2500
  • 6 1 1024 2500
  • 1 1 1024 2500
  • 7 1 1024 2500
A Concatedral de Miranda do Douro, antiga Sé de Miranda do Douro, é um templo católico cuja construção teve início em 1552, inserindo-se na tipologia de sés mandadas construir por D. João III, com uma fachada harmónica, em que um corpo central é ladeado por duas poderosas torres, e um interior em três naves abobadadas à maneira gótica, com cruzaria de ogivas de nervuras visíveis. O templo foi concluído na última década do século XVI. O projecto foi feito por Gonçalo de Torralva e de Miguel de Arruda.
 
Em 1566 o bispo D. António Pinheiro consagrou o altar-mor e em 1609, D. Diogo de Sousa informa o Papa que a construção fora concluída.
 
Igualmente digno de nota é o retábulo de Nosso Senhor da Piedade, em talha barroca de boa qualidade e o órgão do século XVIII, de igual modo profusamente decorado com talha dourada. A história da cidade foi bastante atribulada, pela sua condição de fronteira. Em 1710, por exemplo, caiu em poder espanhol e novamente em 1762. Terá sido esta ocupação estrangeira o motivo principal para a mudança do bispo para Bragança, cidade menos exposta a ameaças externas. 
 
Classificação
MN - Decreto de 16-06-1910, DG n.º 136, de 23-06-1910
Horário


Dias de encerramento
:
Segundas, Terças (de manhã)

Horário de visita
:
De Quarta a Domingo, das 09:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30
Terça das 14:00 às 17:30

Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
5787 visualizações

Sugestões