FacebookYoutubeRSSPartilhar

Apresentação da Rota

Não se pode conhecer uma terra sem nunca a ter visitado.

Por muito que dela se fale, por muito que dela se escreva, só a presença nos dá a noção de escala, só a convivência nos desvenda a alma do povo.

É uma realidade que só localmente pode ser entendida.

O itinerário que lhe propomos assume uma configuração abrangente e contínua com 455 km através dos municípios de Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso e Vinhais que compõem a Terra Fria Transmontana, integrando os melhores testemunhos do carácter nordestino.

Esta portal pretende, demonstrar o repositório da oferta que a região proporciona, referindo os aspectos mais singulares de cada lugar por onde passa o circuito.

O tempo de percurso fica ao critério de quem o faça. Se o fizer sem rodopio e sem tardança, ficará apenas com uma breve noção de como o relevo e o clima moldam e vestem a paisagem, basta-lhe para tanto um dia com escasso descanso para uma frugal refeição.

Se aceitar, porém, as sugestões que lhe fazemos para conhecer melhor a forma como o íncola se ajusta à natureza e a forma como esta lhe retribui, aí gastará o tempo que quiser, que uma vida inteira vivida por perto pode nem ser suficiente para entender a grandeza de alma da gente de Trás-os-Montes.

Quanto à forma de concretizar o passeio fica ao seu critério, podendo faze-lo de veículo motorizado, a pé ou de bicicleta, mas, independentemente do meio utilizado, sempre lhe diremos que poderá iniciá-lo em qualquer uma das onze Portas dos Troços, que mais não são que as articulações do circuito com os principais eixos locais da rede nacional de estradas.

Em todas as 5 sedes de concelho encontrará também as Portas da Rota, onde poderá colher toda a informação sobre a Rota da Terra Fria Transmontana, quer seja em formato papel ou multimédia.

As Portas da Rota são espaços preparados para o conhecimento, convívio e animação, onde é estimulada a participação do visitante em diversas atividades, como sejam ações de degustação, eventos culturais e de mostra de artes e ofícios tradicionais. Em suma, as Portas são espaços polivalentes que devem constar do plano de visita de todos os que querem conhecer e desfrutar da Rota da Terra Fria Transmontana.

Ao longo do percurso, poderá ainda contar com a ajuda de quiosques multimédia, localizados nas Portas dos Troços e ainda com sinalização, painéis de estrada e de informação geral.